Fevereiro 8, 2023

Critérios ESG: qual a sua importância e como é que a BNZ os implementa?

Atualmente, o termo ESG é muito utilizado por empresas, profissionais e meios de comunicação social em todo o mundo. Ainda que seja um termo com algumas décadas, tornou-se fortemente popular pela iniciativa do Pacto Global das Nações Unidas em 2004, intitulada Who Cares Wins, que apelou à necessidade de aplicar os princípios universais da ONU ao mundo empresarial. Desde então, a sociedade mudou e a forma como fazemos negócios também.

No caso da BNZ, vemos a nossa política de ESG como uma forma de evitar erros a curto prazo e de tomar as decisões certas a longo prazo. É também uma forma de estabelecer diretrizes ambientais, sociais e de governação transparentes, que impulsionam a análise de projetos, a tomada de decisões e os processos de gestão de ativos, bem como uma forma de comunicar e explicar a nossa visão e abordagem do ESG a todos os nossos “stakeholders” – desde investidores a partes governamentais implicadas, juntamente com fornecedores e vizinhos das nossas instalações.

A consciência de ter uma política ambiental, social e de governação é marcada na BNZ pela responsabilidade nas atividades integrais que ocorrem no portefólio e ao longo dos ciclos de vida dos projetos. Acreditamos que as nossas responsabilidades incluem a gestão de risco a longo prazo através de práticas de propriedade ativa que são sensíveis às considerações de ESG, e que temos a responsabilidade de deixar o terreno em melhores condições do que quando o encontrámos. Além disso, temos um grande respeito pelas culturas, ambientes e paisagens locais, bem como pelos centros culturais e recreativos de cada uma das regiões em que operamos.

As alterações climáticas e a transição energética não afetam apenas o nosso comportamento quotidiano numa base individual, em áreas como o consumo responsável e a reciclagem. Também nos levam a repensar a forma como gerimos o nosso negócio, a alcançar um maior nível de eficiência de recursos, a assegurar a sustentabilidade do nosso modelo empresarial e a assegurar o impacto positivo da nossa atividade nas comunidades em que operamos. Por este motivo, na BNZ, os critérios ESG permeiam todas as atividades quotidianas da nossa empresa.

Em primeiro lugar, estamos empenhados em investir em tecnologias e em ser potenciadores de energia limpa que contribui para a redução das emissões globais de GEE (gases com efeito de estufa) através do desenvolvimento, construção, gestão e operação de projetos de energia limpa. Esta é, antes de mais, a nossa razão de ser.

Está também no ADN da BNZ oferecer a melhor gestão ambiental, em complementaridade com a minimização da utilização de água, eletricidade e outros recursos naturais nas nossas operações, de modo a evitar desperdícios e encorajar a redução, reutilização e reciclagem sempre que possível. Um exemplo disto é a proteção dos aquíferos locais onde operamos, evitando a construção de estruturas impermeáveis, bem como os planos de desenvolvimento agrícola da BNZ, onde esperamos combinar, na medida do que é tecnicamente possível, o desenvolvimento da energia solar com o cultivo de culturas indígenas e/ou o respeito pela vida selvagem local.

Sempre que possível, a reflorestação e os corredores verdes serão considerados nos locais de projeto, ou em terrenos designados pelas autoridades, num esforço para reduzir ou prevenir a desertificação, e assim reforçando o terreno com declives adequados e drenagem de forma a reduzir a erosão do solo. Será também considerada a plantação de flora local e não-invasiva e permitir a sua expansão, a preservação da rede radicular existente e a filtragem e canalização da água da chuva para o lençol freático. Além disso, sempre que possível, procuraremos conservar a biodiversidade da terra, através, por exemplo, de colmeias para encorajar a polinização ou a reprodução de borboletas nativas. A erva é mantida por animais de pasto, tais como ovelhas, em vez de máquinas.

Outro dos aspetos diferenciadores dos projetos da BNZ é a busca explícita de resultados sociais positivos nas comunidades locais onde operamos. Isto é feito apoiando projetos comunitários locais, participando em fóruns e centros educacionais tais como universidades para promover a consciência da importância das energias renováveis e contribuir para o desenvolvimento do talento no nosso sector, por exemplo, através da participação da BNZ em seminários universitários. O objetivo final, para além dos nossos investimentos, é que haja também um retorno social com benefícios para a sociedade, como a colaboração com associações sociais e instituições desportivas com o intuito de promover uma vida saudável no Norte de Portugal.

No que diz respeito à nossa atividade principal, comprometermo-nos com os critérios de ESG significa também contribuir, não só para o desenvolvimento económico das comunidades através da geração de negócios e criação de emprego, mas também trabalhar em estreita colaboração com os nossos fornecedores e empreiteiros. Isto inclui a promoção de critérios ESG entre os nossos colaboradores e trabalhar em conjunto para evitar quaisquer práticas discriminatórias ou práticas que violem os direitos humanos ou laborais. Servindo como exemplo, a BNZ está empenhada em assegurar que todo o seu pessoal, e fornecedores, recebem todas as garantias de que os seus horários de trabalho, salários, instalações e condições de trabalho estão de acordo com as leis locais. E quando as leis locais não são aplicadas ou não existem, a BNZ assegurará que as melhores práticas de mercado (baseadas nas diretrizes globais da OCDE e da ONU) são implementadas para evitar violações dos direitos humanos, e serão postas em prática formações e workshops sobre este aspeto para todo o pessoal.

Como forma de dar o exemplo, a BNZ vai implementar os procedimentos de governação adequados para promover a diversidade e a inclusão social na empresa, através da igualdade de oportunidades e de uma cultura de respeito e aceitação. Estas vão procurar abranger todas as suas atividades e permitir uma visão geral adequada, definir responsabilidades e assegurar a responsabilização pelas ações empreendidas nos projetos, com o objetivo de gerar normas e práticas elevadas.

Nesta linha, a BNZ irá conduzir um acompanhamento escrupuloso dos projetos, facilitando queixas e consultas dos “stakeholders”, relatórios regulares das atividades às comunidades locais, dentro de um sistema que assegura o cumprimento rigoroso dos procedimentos (supervisionando uma cadeia de fornecedores responsáveis que partilham os mesmos valores e princípios ESG que a BNZ) e um comportamento empresarial responsável.  Isto significa que a BNZ irá realizar a devida diligência no controlo e vigilância para obter provas de qualquer trabalho forçado, involuntário, exploratório, menor de idade, ilegal e mental ou moralmente insalubre, incluindo a rejeição da escravatura moderna em acordos com fornecedores e empreiteiros.

Por fim, é também necessário ter em conta a política de Saúde, Segurança e Ambiente, que inclui aspetos tão importantes como a gestão adequada dos resíduos, tendo como objetivo registar zero acidentes, dando prioridade às condições de saúde e segurança dos trabalhadores, e gerindo adequadamente as condições de trabalho em que as atividades são realizadas, evitando danos e/ou deterioração da saúde. Em relação aos colaboradores, a empresa também oferece total flexibilidade para trabalhar quando e de onde preferirem, como medida para conciliar a vida familiar e reduzir o impacto ambiental. Além disso, acredita no desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores, oferecendo-lhes uma série de oportunidades de formação e desenvolvimento profissional.

Pode encontrar a nossa filosofia e o nosso relatório completo sobre ESG, HSE e Política Social aqui: www.bnz.energy/esg

Related news

19 Junho 2024

A inauguração das primeiras centrais fotovoltaicas do portfólio da BNZ em Cádis, Espanha, na comunicação social

Read More

19 Junho 2024

BNZ inaugura duas centrais solares fotovoltaicas de 74 MW em Cádis (Andaluzia)

Read More

23 Maio 2024

Meet the Team – Samantha Pellegrino

Read More