Março 4, 2022

BNZ apoia o seu primeiro projeto social em Portugal

A BNZ, produtora independente de energia (IPP), através do programa PT2020, irá apoiar o seu primeiro projeto social – “Cuidar Maior” -, no concelho de Vila Nova de Famalicão, na região norte de Portugal.

Muitos habitantes da comunidade de Vila Nova de Famalicão cuidam de familiares com necessidades especiais, desde demência ou alzheimer, a problemas motores ou psicomotores que, muitas vezes, são deixados à sua sorte. O projeto social “Cuidar Maior” é um programa de intervenção individualizado e personalizado que visa chamar a atenção para os mais necessitados. O projeto atua na luta precoce contra o esgotamento dos cuidadores informais, através de apoio psicopedagógico e aconselhamento familiar. Estas ações têm como principal objetivo influenciar de forma positiva a qualidade de vida dos cuidadores e respetivas famílias, a fim de criar estratégias de gestão de emoções/stress, reduzir os sintomas de depressão, aumentar competência, bem como substituir o cuidador quando este necessitar. Também neste âmbito, está a ser desenvolvida uma aplicação móvel, que facilitará a monitorização dos cuidadores.

Ana Raquel Carvalho, Coordenadora do projeto, salienta a importância do papel dos cuidadores informais: “De acordo com um inquérito realizado a nível nacional, no final de 2020, existiam cerca de 1,4 milhões de cuidadores informais em Portugal. E o cuidador informal é a nossa prioridade no “Cuidar Maior”. Estas pessoas que, todos os dias, dão o seu apoio incondicional a alguém, também devem ser apoiadas. É urgente agir de forma preventiva, para que tenham a maior qualidade de vida possível e é para isso que trabalhamos diariamente”.

O projeto centra a sua abordagem sistémica em diferentes áreas de intervenção, permitindo ao Estado reduzir os seus custos a médio/longo prazo, nomeadamente nas áreas da saúde e da segurança social. Através de uma equipa multidisciplinar, o “Cuidar Maior” mobiliza recursos internos e parcerias, apoiando, desta forma, os cuidadores informais de Vila Nova de Famalicão.

A contribuição privada da BNZ para este projeto social, apoiado publicamente pelo programa PT2020, consiste no apoio dado na contratação e apoio financeiro de 5 colaboradores a tempo inteiro: um coordenador de projeto, um psicólogo, um educador social, um técnico de Serviço Social e um animador. Estes 5 colaboradores irão juntar-se à equipa já existente que, atualmente, conta com 40 membros.

“Esta é uma parceria muito importante para nós. Os nossos objetivos como IPP são, além de fornecer energia limpa, estabelecer a nossa presença social e local, através de uma relação benéfica e de cooperação com todas as comunidades onde operamos”, explica Luis Selva, Diretor Geral da BNZ. “Estamos conscientes de que a contratação destes funcionários pelo “Cuidar Maior” será fundamental para o apoio que o projeto presta à comunidade e, por esta razão, temos muito prazer em apoiar este projeto”, conclui Luis Selva.

A Metodologia de Intervenção do projeto, aprovada pelo Programa Parcerias para a Inovação Social – Portugal, foi oficialmente apresentada ontem, no dia 3 de março, às 18h30, no Pavilhão Polivalente de Requião.

 

Related news

19 Junho 2024

A inauguração das primeiras centrais fotovoltaicas do portfólio da BNZ em Cádis, Espanha, na comunicação social

Read More

19 Junho 2024

BNZ inaugura duas centrais solares fotovoltaicas de 74 MW em Cádis (Andaluzia)

Read More

23 Maio 2024

Meet the Team – Samantha Pellegrino

Read More