Abril 16, 2024

BNZ vai desenvolver quatro projetos fotovoltaicos em Almería com uma capacidade total instalada de 182 MWp

A BNZ, produtora independente de energia (IPP) que desenvolve, constrói e gere projetos solares fotovoltaicos, vai desenvolver quatro centrais solares em Almeria, distribuídas entre os municípios de Tabernas e Lucainena, com uma capacidade total instalada de 182 MWp. As centrais, denominadas Almahilla Solar, Terrera Solar, Ventura Solar e Hornosol, serão acrescentadas à carteira de projetos da BNZ e deverão entrar em funcionamento até ao final de 2025.

Esta operação consolida a presença da BNZ em Espanha, onde passará a dispor de um total de nove ativos em desenvolvimento e operação e onde prevê instalar cerca de 600 MWp até 2026. Estas centrais solares resultam da aquisição pela Nuveen Infraestructure do promotor espanhol e empreiteiro EPC Grupotec.

A BNZ, que faz parte do portfólio do Clean Energy Fund III da Nuveen Infraestructure, irá supervisionar a construção e a operacionalização dos quatro projetos, que se tornarão parte integrante do seu portfólio. No total, a BNZ planeia implementar uma carteira total de mais de 1,7 GW de energia solar fotovoltaica no sul da Europa até ao final de 2026.

O Diretor Executivo da BNZ, Luis Selva, sublinhou que “este anúncio é um marco importante para a BNZ, uma vez que o lançamento destes projetos é mais um passo na nossa estratégia de expansão no mercado espanhol e nos permitirá explorar o grande potencial do país para o desenvolvimento de energias renováveis. Esta operação reafirma a nossa presença em Espanha, um dos nossos principais mercados-chave, e irá também permitir-nos continuar a contribuir para a transição energética e para uma economia com baixas emissões”.

A energia renovável produzida por estas quatro centrais fotovoltaicas evitará a emissão de um total de 96.000 toneladas de equivalente CO2 por ano, o que representa cerca de 15.800 viagens de ida e volta entre o Aeroporto Internacional de Almeria e o Aeroporto Josep Tarradellas Barcelona-El Prat. Além disso, a BNZ estima que serão criados entre 275 e 320 postos de trabalho diretos e indiretos durante o processo de construção, enquanto na fase de operação se prevê a criação de entre 180 e 220 postos de trabalho diretos e indiretos.

A BNZ está comprometida com a regeneração ambiental do território

A BNZ está comprometida com o progresso ambiental e social das comunidades locais onde a empresa instala as suas fábricas. Por conseguinte, para além do impacto económico positivo dos seus projetos na comunidade local e da sua conformidade com os mais elevados critérios ambientais, a BNZ analisará e implementará projetos sociais para enraizar ainda mais os projetos na economia local.

Related news

23 Maio 2024

Meet the Team – Samantha Pellegrino

Read More

16 Abril 2024

BNZ inicia a construção de uma central solar fotovoltaica de 34,5MW em Jaén

Read More

14 Março 2024

Desafiar ventos económicos

Read More